Utilizando o CUSTOM SEARCH do general trace

General Trace é um recurso importante para realização de troubleshoot na checagem e monitoração de calls que são realizadas pelas Apps às APIs e que são gerenciadas pelo Manager. Essa seção pode ser acessada através do menu lateral, clicando no ícone General Trace. Nesta página é possível visualizar uma lista com todas as chamadas já realizadas.

A tela principal de listagem de calls possui paginação e também contém opção de escolha da quantidade de registros que serão mostrados por página, que podem ser 10, 25, 50 ou 100 registros, para facilitar a navegação.

Para aplicar os filtros e listar apenas as calls relacionadas, clique no botão SEARCH. E para limpar os filtros selecionados, use o botão CLEAR. Nesta opção, os filtros serão limpos e uma nova pesquisa será feita trazendo todas as chamadas sem restrição.

OBS: Quando os filtros são selecionados, eles funcionam em ação conjunta e o filtro Time traz registros em um intervalo de 07 dias (6 anteriores + atual).

Utilizando o Custom Search

Na aba Custom Search é possível realizar buscas de chamadas de maneira personalizada com a passagem de parâmetros especiais, visando buscar chamadas mais específicas na listagem do trace.

Custom Search utiliza sintaxe e índices do Lucene para realizar as pesquisas. Para saber quais são os parâmetros aceitos, consultar o Dicionário de Dados presente nesta documentação.

Para realização de consultas, insira uma Query válida no campo Custom Search e clique no botão Search.

Exemplo de Busca por Data

Uma pesquisa customizada muito utilizada é pela data de recebimento (receivedOn) da requisição, esta data deve ser convertida para milissegundos para obter retorno na pesquisa.

Exemplo: Iremos pesquisar uma requisição feita em 13/02/2019 ás 09:49:02.381, após converter esta data para milissegundos temos 1550058542381. 

**Note que os quatro últimos dígitos não variam da data para o tempo em milissegundos, pois a unidade continua sendo a mesma (milissegundos)**

**Caso tenha dúvida sobre os milissegundos de sua chamada, pode verificar esta informação pelo discover do analytics, que irá te mostrar o receivedOn corretamente.

OBS: A aba Filters e a aba Custom funcionam de maneira independente, ou seja, não é possível utilizar os filtros juntamente com uma Query de Custom Search para realizar as pesquisas.

Filtrando um Intervalo de Data

As Consultas de Intervalo permitem a pesquisa de documentos cujos valores  estão entre os limites inferior e superior especificados.

Para ser feita a pesquisa de intervalos devemos passar os campos dentro do colchetes conforme índice do lucene, e exemplo abaixo.

**No exemplo acima foram convertidos as datas 13/02/2019 13:54:31.317 e 13/02/2019 14:08:39.474 para milissegundos**

Filtrando Status da chamada

Na pesquisa para status de chamadas, iremos pesquisar por um resultado especifico. Esta pesquisa irá nos retornar todas as chamadas que tiveram o status solicitado.

Filtrando Status de Server Error

Utilizando a consulta de intervalos, podemos filtrar range de erros, detalhamos a seguir uma pesquisa para as chamadas que tiveram erros de servidor, conhecidos como a família do 5xx.

Comandos de União

Comandos onde permitem que termos sejam combinados através de operadores lógicos. Alguns dos mais utilizados são o AND, OR, NOT entre outros como operadores booleanos (Observação: os operadores booleanos devem ser ALL CAPS).

UTILIZANDO O AND

O operador AND corresponde a documentos em que ambos os termos existem em qualquer parte do texto de um único documento. Isso é equivalente a uma interseção usando conjuntos. O símbolo && pode ser usado no lugar da palavra AND.

- &&

UTILIZANDO O OR

O operador OR é o operador de conjunção padrão. Isso significa que, se não houver um operador booleano entre dois termos, o operador OR será usado. O operador OR vincula dois termos e localiza um documento correspondente se um dos termos existir em um documento. Isso é equivalente a uma união usando conjuntos. O símbolo || pode ser usado no lugar da palavra OR.

- ||

UTILIZANDO O NOT

O operador NOT exclui documentos que contenham o termo após NOT. Isso é equivalente a uma diferença usando conjuntos. O símbolo ! pode ser usado no lugar da palavra NOT.

Qualquer dúvida quanto a utilização dos campos acesse o índice do lucene e o dicionário de dados do kibana.

 

 

 

 

 

 

 

 

Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação

Comentários

Desenvolvido por Zendesk